60. Fórum Nacional de Reitores da Abruem

Organização local já se prepara para receber reitores das universidades associadas

A realização do 60. Fórum Nacional de Reitores da Abruem foi tema privilegiado da reunião administrativa da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais de fevereiro. Na ocasião, o reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, instituição anfitriã do encontro dos gestores das universidades brasileiras estaduais e municipais do primeiro semestre de 2017, apresentou o projeto de identidade visual do evento.

A marca é essa que ilustra a reportagem é foi desenvolvida pela equipe da Coordenadoria de Comunicação da UEPB.

Para o desenvolvimento da arte, os profissionais da Universidade Estadual da Paraíba partiram da riqueza cultural nordestina, que tem como componentes, entre outros, as festas juninas, as comidas típicas, o artesanato e o cordel. Nesse sentido, o elemento principal é um gibão de couro, que é peça da indumentária típica do vaqueiro – esse, também, um ícone do imaginário popular –, que funciona como um escudo de proteção do homem que transita na caatinga espinhosa. Segundo o Manual da Marca, o uso do gibão caracteriza a adaptação e a resistência humana diante das mais diversas condições.

Outro objetivo levado em consideração no processo de criação da marca é estabelecer um diálogo entre os símbolos populares reconhecidos pelo senso comum e o conhecimento científico produzido nas universidades. “A marca sintetiza o que esperamos com a realização do Fórum de Reitores da Abruem em Campina Grande, buscamos estreitar as relações entre a academia e a sociedade, levando as universidades a assumirem um papel de vanguarda ao atuar na preservação da cultura, do saber popular e das nossas tradições”, contou o reitor Rangel Junior.

60. Fórum Nacional de Reitores da Abruem

Quando: 31/05 a 03/06/2017
Onde: Campina Grande, Paraíba
Anfitriã: Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
Tema central: Governança pública: transparência e controle social na gestão do Ensino Superior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *