Câmara Técnica de Educação a Distância promove reunião sobre projeto Ead em Rede

Gestores da modalidade nas universidades associadas são os convidados

Depois de aprovado pelos reitores membros da Associação Brasileiras dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), o projeto EaD em Rede, proposto pela Câmara Técnica (CT) de Educação a Distância da Abruem, será debatido com todos os gestores da modalidade nas universidades estaduais e municipais brasileiras.

“O nosso objetivo”, conta o presidente da CT, reitor Marcus Tomasi (Udesc), “é estabelecer os próximos passos que deveremos dar na Câmara e nas universidades para viabilizar e efetivar o projeto”. Para isso, os membros da Câmara, que elaboraram o projeto, querem avaliar junto aos gestores de EaD, que conhecem a realidade de cada instituição, quais são as necessidades e as demandas das universidades no sentido de colocar o projeto aprovado em prática.

A reunião será realizada em Brasília, na sede da Capes, no dia 15 de março, às 17h30. A data e o local foram definidos para coincidirem com as reuniões agendadas pela Capes com o Fórum UAB (Universidade Aberta do Brasil) e com o DED, órgão responsável pela Educação a Distância da Capes. “Aproveitamos que estaremos juntos para as audiências. Ressalto que esse diálogo conta com o apoio e com a permissão tanto do Fórum UAB, quanto da Capes”, finalizou Tomasi.

O que é o projeto EaD em Rede da Abruem?

É uma ação da Câmara Técnica de EaD que tem como finalidade desenvolver ações, a partir da utilização das TDICs (Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação), para o compartilhamento de conhecimentos, produtos e serviços acadêmicos e pedagógicos.

Como o projeto Ead em Rede se formatará?

A partir de cinco ações pré-estabelecidas e já aprovadas em reunião administrativa da Abruem realizada em dezembro de 2016. São elas:

1. Disciplinas a Distância: oferta de disciplinas que sejam da matriz curricular de cursos ofertados pelas universidades associadas à Abruem na modalidade a distância para alunos de outras instituições também afiliadas.

2. Formação continuada: oferta de cursos na modalidade a distância para o aprimoramento de competências de docentes ou outros profissionais das universidades associadas que atuam/atuarão com EaD.

3. Português para estrangeiros: oferta de cursos a distância de português para estrangeiros para estudantes em mobilidade nas instituições ligadas à Abruem.

4. MOOC: compartilhamento de conhecimento das metodologias Moocs (do inglês, massive open online course) e oferta compartilhada de cursos e/ou disciplinas Moocs.

5. Criação de repositório: desenvolvimento e implementação de um repositório integrado de recursos educacionais desenvolvidos por universidades Abruem e aberto a todas as associadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *