Pacto Universitário de Direitos Humanos é discutido durante 60. Fórum

Temática foi apresentada pelo diretor da Secadi/MEC, Daniel Ximenes

As responsabilidades das universidades estão sintetizadas nos seus pilares – o ensino, a pesquisa, a extensão e a inovacão. Mas o ensino superior público tem uma missão extra: o compromisso social. Nesse sentido, entre os muitos desafios atuais das universidades estaduais e municipais estão a promoção da cidadania e formação para o trabalho, através do desenvolvimento de políticas públicas para a sustentação dos Direitos Humanos.

Palestra de Daniel Ximenes abriu os trabalhos da tarde de quinta-feira, no 60. Fórum da Abruem (Foto: Ascom UEPB)

Os conceitos acima foram apresentados pelo diretor de Políticas Públicas de Educação em Direitos Humanos e Cidadania, do Ministério da Educação (MEC), Daniel Ximenes, durante palestra proferida na tarde da última quinta-feira (1º), dentro das atividades da 60ª edição do Fórum Nacional de Reitores da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem).

Segundo Daniel Ximenes, é preciso ampliar as discussões relativas aos Direitos Humanos e à cidadania nas universidades e faculdades, por elas garantirem acesso a diversos pontos que fazem parte dos propósitos do ensino público. E uma alternativa, defendeu, é a adesão ao Pacto Universitário de Direitos Humanos que, de acordo com Daniel, tem a capacidade de superar a violência, o preconceito e a discriminação, além de promover atividades educativas de promoção e defesa dos Direitos Humanos nessas instituições.

Temática chamou a atenção dos reitores participantes (Foto: Ascom UEPB)

“Temos várias universidades, que são associadas à Abruem, que fizeram adesão ao Pacto Universitário de Direitos Humanos e que, portanto, têm condições de proporcionar um papel mais atuante em assuntos como a diversidade e a cultura de paz. Todas essas instituições têm uma territorialidade significativa para lidar com essas questões que são importantes para o desenvolvimento da sociedade”, disse.

*Ascom UEPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *