Abruem é parceira da Unesp em proposição de Mestrado Profissional em Educação Inclusiva

Oferta deve ser em rede nacional com participação de universidades associadas

A Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais) é apoiadora da proposta de oferta de um Mestrado Profissional em Educação Inclusiva em Rede Nacional (Profei), na modalidade de educação a distância. A submissão do projeto à Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) será realizada pela Unesp, (Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquista Filho”), uma das 45 instituições de ensino superior afiliadas à Abruem.
“O curso”, segundo o professor da Unesp Klaus Schünzen Junior, que é membro da Câmara Técnica (CT) de Educação à Distância daAbruem, “tem como objetivo principal oferecer, primordialmente, formação continuada e em serviço para professores de classe comum do ensino fundamental e médio e, também, aos gestores para que aprimorem seu repertório de conhecimentos e saberes, podendo promover o desenvolvimento do desenvolvimento do estudante público-alvo da Educação Especial no contexto escolar, garantindo possibilidades para a inclusão desses estudantes”.
A configuração da proposta, como oferta em rede nacional, deve-se ao intuito de congregar pesquisadores de instituições de ensino superior estaduais, afiliadas à Abruem, localizadas nas cinco regiões do país. Os professores interessados em ministrarem disciplinas no mestrado devem responder a um questionário online. “Esse instrumento”, explica o presidente da CT de Ead da Abruem, reitor Marcos Tomasi (Udesc – Universidade do Estado de Santa Catarina), “vai nos ajudar na coleta de informações, tais como dados pessoais, linhas de pesquisa, disciplinas de interesse e, também, ter acesso a produção intelectual dos docentes interessados”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *