Formação da comitiva da Abruem à Austrália deve ser definida até 15 de setembro

Outros prazos foram definidos em reunião entre representantes da Associação e da Embaixada

A Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais) e a Embaixada da Austrália no Brasil realizaram, na última quarta-feira (30), em Brasília, uma nova reunião com vistas a definir os detalhes finais referentes à Missão Internacional, desse ano, da Associação marcada para o mês de outubro e que prevê a visita à universidades australianas em longo de duas semanas. “A versão mais recente do programa foi apresentada, mas julgamos que ele ainda precisa de alguns ajustes e isso será feito nos próximos dias”, contou a vice-presidente da Abruem, reitora Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro (Uesc – Universidade Estadual de Santa Cruz), que conduziu as discussões.

Além de apresentar suas solicitações, a Abruem também acolheu as demandas da Embaixada que, de modo geral, tratam do estabelecimento e cumprimento de prazos para o repasse de informações importantes para a programação e o bom desenvolvimento das visitas técnicas – tais como as instituições afiliadas que estarão representadas na Missão, quantos serão os representantes de cada universidade e quem são eles. “Além disso”, esclareceu Adélia, “eles nos alertaram sobre os prazos exíguos e que, portanto, precisamos definir e providenciar o deslocamento pelo interior da Austrália e, também, a hospedagem da comitiva durante a estadia em vários pontos do país”.

Após três horas de reunião, estabeleceu-se que as 45 instituições de ensino superior afiliadas à Abruem têm até o dia 07 de setembro para confirmar a participação – ou não – na Missão e, ainda, enviar a relação de seus representantes para a secretaria da Associação. Na sequência, a Abruem deve organizar todos esses dados que, necessariamente, deverão ser encaminhados à Embaixada da Austrália até 15 de setembro. Esses prazos precisam ser cumpridos, caso contrário, não haverá tempo hábil para a emissão dos vistos de entrada no país, que devem ser solicitados individualmente, por cada um dos integrantes da Missão, impreterivelmente, até 10 de setembro, no site da Embaixada australiana.

“Mais uma vez, ambas as partes – Abruem e Embaixada – reafirmaram a alta expectativa em relação à visita técnica, acreditando no êxito, no sucesso e nos resultados dessa missão de 2017, à Austrália”, destacou a vice-presidente da Abruem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *