Universidades estaduais também são destaque em mostra de trabalhos práticos da Intercom

Afiliadas da Abruem conquistaram quatro prêmios no Expocom nacional

Os estudantes ganhadores do Expocom 2017, em duas modalidades, pela UERN (Foto: acervo pessoal)

Anualmente, os pesquisadores, professores e estudantes de Comunicação de todo o Brasil se reúnem no Intercom, congresso nacional promovido pela Intercom (Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares em Comunicação), que, nesse ano, reuniu mais de 3.500 participantes na Universidade Positivo, em Curitiba, capital paranaense.

Durante o congresso, são realizadas conferências, mesas-redondas, apresentações de trabalhos científicos realizados por pesquisadores da área (pós-doutores, doutores, doutorandos, mestres e mestrandos) nos 32 Grupos de Pesquisa e por estudantes de graduação e recém-graduados nas oito divisões temáticas do Intercom Júnior. Além disso, também são apresentados os trabalhos práticos finalistas da Expocom (Mostra Experimental em Comunicação) e revelados os ganhadores de cada uma das 69 modalidades distribuídas em seis categorias.

Nesse ano, quatro trabalhos desenvolvidos por estudantes de três instituições de ensino superior ligadas à Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais), sob orientação de professor, saíram da Cerimônia de Premiação com troféus de primeiro lugar.

A Unicentro conquistou um prêmio no Expocom Nacional desse ano (Foto: acervo pessoal)

Na categoria Jornalismo foram dois trabalhos premiados: “Bode solto: a luta pela terra no sertão baiano” e “Mobilize: a visibilidade das manifestações nas paredes da universidade”. O primeiro foi o ganhador na modalidade Documentário Jornalístico em áudio e rádio, e tem como aluna-líder Juliana Cerqueira, da Uneb (Universidade do Estado da Bahia). Já o segundo foi considerado o melhor trabalho na modalidade Jornal-Mural, e tem como aluno-líder Fernando Melo, da UERN (Universidade do Estado do Rio Grande do Norte).

Outra produção ganhadora foi “Traz o sangue: um jogo educativo sobre doação de sangue no Brasil”, que foi considerado o melhor Roteiro de Games, modalidade integrante da categoria Produção Transdisciplinar. O trabalho, desenvolvido também na UERN, tem como aluno-líder Pablo da Silva.

Juliana (a esq.), da Uneb, também foi uma das ganhadoras do Expocom (Foto: acervo pessoal)

Cada modalidade conta com cinco finalistas, um de cada região do Brasil (norte, nordeste, centro-oeste, sul e sudeste), que são definidos nos congressos regionais da Intercom. Ou seja, são os ganhadores de cada regional que concorrem ao prêmio nacional. Durante as etapas regionais, cada instituição de ensino superior pode indicar um trabalho por modalidade. Todos os indicados são avaliados por um júri virtual, composto por cinco membros, todos professores da área de Comunicação do Brasil todo. Os cinco trabalhos melhores avaliados nessa primeira etapa são classificados para a apresentação no regional, que definirá os vencedores regionais e, portanto, finalistas da etapa nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *