Iesalc e Cres manifestam apoio à UFMG e às instituições de ensino superior brasileiras

Carta foi enviada a entidades como a Abruem

A operação realizada pela Polícia Federal na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – poucos meses depois de similar ação na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que acabou resultando na morte do reitor afastado da Instituição –, com o emprego de conduções coercitivas, mobilizou a comunidade acadêmica do Brasil e, também, do exterior.

O Iesalc (Instituto Internacional de Educação Superior para América Latina e Caribe) e a coordenação da Cres 2018 – III Conferência Regional de Educação Superior – emitiram uma nota pública enderaçada ao reitor e à vice-reitora da UFGM, respectivamente, professores Jaime Ramírez e Sandra Goulart Almeida, e também aos reitores integrantes da Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais), Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior) e Conif (Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissioanl, Científica e Tecnológica).

O documento expressa “preocupação diante dos fatos que são de domínio público e que afetam a vida institucional da comunidade universitária da República Federativa do Brasil”. O texto classifica ação como um “ato de violência contra a universidade latino-americana e caribenha” que “lesiona instituições e comunidades que fazem a gestão e resguardam um bem público”, que o ensino superior gratuito. A carta finaliza afirmando que o ocorrido na UFMG “deixam de luta e mancham a história das nossas nações”.

A Cres é uma conferência realizada a cada dez anos para debater os caminhos do ensino superior para o decênio seguinte. Em 2018, a Conferência, que é uma iniciativa do Iesalc, será realizada em Córdoba, na Argentina. E, ao longo desse ano, eventos preparatórios foram realizados com a participação de representantes da Abruem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *