Imóveis adquiridos pela Abruem passarão por reformas antes da mudança da sede

Previsão é que transferência ocorra, no mais tardar, na primeira quinzena de maio

A Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais) deu mais um passo para a consolidação de sua sede própria. A primeira de três parcelas já foi paga e as duas restantes serão quitadas nos meses de março e junho. Foram adquiridas duas salas – as de número 102 e 105 – do edifício SCLN, número 109, bloco C, no início da Asa Norte, que antes pertenciam a Abipti (Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica e Inovação).

O local já está vago e disponibilizado para a Abruem que, antes da mudança, vai reformar os imóveis. As obras de revitalização, de modo que a planta atenda as necessidades da Abruem, vão custar em torno de R$ 15 mil e devem ser concluídas até o final de abril, possibilitando que a sede da Associação esteja em funcionamento no mais tardar na primeira quinzena de maio.

“Considerando que as reuniões administrativas da Abruem dos meses de março e abril serão, respectivamente, em Alagoas e no Rio de Janeiro; e que em maio e junho não temos reunião porque as atividades são transferidas para, primeiramente, o Fórum Nacional de Reitores desse primeiro semestre, em Florianópolis, e, depois, Missão Internacional 2018, que tem como destino a Hungria, quando voltarmos a ter uma reunião em Brasília, no mês de julho, ela já será na nova sede, na sede própria da Abruem”, comemora o presidente da Abruem, reitor Aldo Nelson Bona (Unicentro – Universidade Estadual do Centro-Oeste) .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *