Abruem recebe até dia 20 inscrições para o Encontro Preparatório para a Cres 2018

Ação, que também envolve a Andifes e o Conifes, será realizada em Brasília, em 24 de abril

Discutir e formalizar as propostas das instituições públicas de ensino superior brasileiras que serão apresentadas durante os debates da Cres 2018 (Conferência Regional de Educação Superior para a América Latina e o Caribe) é o objetivo do Seminário Proposta da Educação Pública Superior do Brasil à Cres 2018, que será realizado no próximo dia 24 de abril, em Brasília. O evento é uma promoção conjunta Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais), Andifes (Associação dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior do Brasil) e Conif (Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica).

“Na ocasião”, relata o presidente da Abruem, reitor Aldo Nelson Bona (Unicentro – Universidade Estadual do Centro-Oeste), “os dirigentes das universidades integrantes do sistema público de ensino superior brasileiro de reunirão com o objetivo principal de elaborar um documento com a posição dessas instituições, que será defendida no mês de junho, durante a Cres, em Córdoba, na Argentina”.

Para isso, a programação do encontro preparatório contará com uma mesa-redonda no período da manhã, que contará com as presenças dos presidentes das três entidades promotoras do debate – Aldo Nelson Bona (Abruem), Emanuel Zagury Tourinho (Andifes) e Roberto Gil Rodrigues Almeida (Conif) –; do presidente da AUGM (Asociación de Universidades Grupo Montevideo); do coordenador-geral da Cres 2018, professor Francisco Tamarit; e do diretor do Iesalc-Unesco (Instituto Internacional para a Educação Superior na América Latina e no Caribe, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), Pedro Guajardo.

Depois, no turno vespertino, os participantes se dividirão e participarão de um dos sete grupos temáticos da Cres 2018: 1. Desenvolvimento da Educação Superior frente aos desafios sociais da América Latina e do Caribe; 2. A Educação Superior como parte do sistema educativo na América Latina e no Carine; 3. Educação superior, diversidade cultural e interculturalidade na América Latina; 4. Educação Superior, internacionalização e integração na América Latina e no Caribe; 5. O papel estratégico da Educação Superior no desenvolvimento sustentável da América Latina e do Caribe; 6. A investigação científica e tecnológica e a inovação como motores do desenvolvimento humano, social e econômico para a América Latina e o Caribe; e 7. 100 anos da reforma universitária de Córdoba – Faça-se um novo manifesto da Educação Superior latinoamericana. Para melhor organização e distribuição, a Abruem solicita aos reitores afiliados que enviem, até a próxima sexta-feira (20), a Ficha de Inscrição, com a indicação de qual grupo pretende participar, para o e-mail da secretaria da Associação.

A Cres é o evento mais importante do Sistema de Educação Superior da América Latina e do Caribe e tem como objetivo analisar e debater a situação do sistema de educação na região e delinear um plano de ação conjunto para os próximos dez anos. “Nós precisamos reafirmar o sentido da educação como um bem social e um direito humano, portanto, um dever e uma responsabilidade do Estado”, esclarece Francisco Tamarit, ex-reitor da Universidade Nacional de Córdoba e integrante do Comitê Executivo da Cres 2018.

No dia 24, o Seminário proposta da Educação Pública Superior do Brasil à Cres 2018 será realizado no Edifício Finatec, no Campus Darcy Ribeiro da Universidade de Brasília (UnB), localizado na avenida L3 Norte, entre 8h30 e 18h30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *