Câmara de Internacionalização e Mobilidade dá início a etapa de 2 de 2018 do PMN

Antes de lançamento do Edital, coordenação do Programa de Mobilidade Nacional recebe sugestões das IES

O Programa de Mobilidade Nacional (PMN) da Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais) entra em sua segunda etapa desse ano de 2018. Para isso, a Câmara Técnica de Internacionalização e Mobilidade, responsável pelo gerenciamento do Programa, preparou, conforme adiantado ainda em 2017, um Edital único. O documento já está a disposição das 45 universidades afiliadas para que os coordenadores institucionais do PMN teçam suas considerações. As sugestões devem ser enviadas até o dia 26 de abril para o e-mail da secretaria da CT de Internacionalização e Mobilidade. Uma novidade, é a inclusão de um modelo Plano de Atividades, que deve ser seguido pelo aluno, onde ele discriminará qual é sua proposta para o período de mobilidade, com anuência do curso e da instituição de origem. A ideia é facilitar a validação do conteúdo cursado após o término do intercâmbio.

26 de abril também é o prazo limite, conforme o presidente da CT, reitor Haroldo Heimer (Universidade Estadual de Goiás – UEG), para que as universidades afiliadas enviem o Formulário de Captação de Vagas para 2018/2. “Cada Universidade interessada em participar do processo no segundo semestre desse ano deve realizar uma pesquisa interna para verificar quais cursos desejam participar do Programa, e quantas vagas cada um disponibilizará para o processo de mobilidade”, explica, O documento também deve ser enviada por e-mail para a coordenação do PMN.

A Câmara Técnica de Internacionalização e Mobilidade também divulgou o cronograma o PMN 2018/2:

27 a 30/04/2018: tabulação das vagas e publicação do edital no site oficial do Programa

02 a 30/05/2018: prazo de inscrições para a mobilidade, na Instituição de origem, observando o Edital Único

04 a 22/06/2018: período de análise das candidaturas pelas IES de destino

25 a 29/06/2018: prazo para o envio das cartas de aceite ou de recusa das candidaturas

Os aprovados iniciarão os processos de mobilidade a partir de agosto, dependendo do calendário acadêmico de cada Universidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *